Argentina terá central nuclear com recursos chineses

By Milena Jiménez08 September 2014

central nuclear en Argentina

central nuclear en Argentina

O governo argentino anunciou a assinatura do contrato de empréstimo com o governo chinês para a construção de sua quarta central nuclear, Atucha III. O empréstimo outorgado pelo governo de Xi Jinping para o projeto alcança os US$2 bilhões que serão utilizados para financiar serviços e produtos chineses e de outros países.

A central nuclear estará a 115 quilômetros de Buenos Aires, onde já foram construídas outras duas centrais, e terá uma capacidade máxima de 800 megawatts. O projeto será feito pela empresa nacional Nucleoeléctrica Argentina enquanto a empresa chinesa CNNC proporcionará suporte técnico, serviços, equipamentos e instrumental. Espera-se que a central comece a ser construída durante os próximos meses e esteja pronta num prazo não superior a 8 anos.

Há poucas semanas a China ofereceu recursos por US$35 bilhões à América Latina, dos quais mais da metade seriam para financiar obras de infraestrutura na região.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Movimento elétrico
Os tempos modernos trazem consigo inúmeras inovações. No artigo de Luciana Guimarães, a CLA revê algumas novidades sobre a terraplenagem.
Considerações sobre lança articulada
Orçamentos, tarefas específicas, detalhes técnicos são alguns dos aspectos a serem considerados na compra de uma plataforma
Acess M20: Para cima
Alguns podem considerar 2020 uma anomalia que dificilmente se repetirá. Quanto ao accessM20, também pode ser visto como um sinal dos tempos.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL