Após assinatura de concessões, empresas preparam os trabalhos em estradas do Brasil

By Fausto Oliveira21 March 2014

DEC13 CLA Feature Foco Brasil

DEC13 CLA Feature Foco Brasil

Após a assinatura dos contratos das primeiras grandes concessões rodoviárias no Brasil em muitos anos, as empresas vencedoras das licitações começam os preparativos para as obras de grande porte que terão que realizar para que lhes seja permitido cobrar pedágio pelo uso das estradas.

De acordo com o programa de concessões, só com 10% do projeto entregues é que a concessionária pode começar a cobrança. Mas para facilitar o alcance dessa meta, uma portaria interministerial garantiu às empresas uma licença ambiental prévia para esses 10%. Os 90% restantes em cada projeto deverão obter licenças ambientais da forma convencional junto ao Ibama.

Estando assim o cenário, a Invepar anunciou a criação de uma subsidiária para executar as obras e operar a concessão por 30 anos da BR-040, no trecho de 936 quilômetros que conecta os estados de Goiás e Minas Gerais passando por Brasília.

Controlada pela construtora OAS, a Invepar deixará a cargo da mesma a duplicação de 557 quilômetros. A empresa quer terminar seus 10% iniciais entre 12 e 18 meses após começar os trabalhos. Em outros 200 quilômetros da rodovia, a OAS deverá criar acostamentos e colocar outros itens, tais como uma separação central e sinalização. A companhia vem aprontando os projetos executivos de engenharia para começar as obras o quanto antes.

Outra operadora que recebeu uma rodovia em concessão é a CCR, propriedade dos grupos Camargo Correa e Andrade Gutierrez. As empresas serão responsáveis pela BR-163 no trecho que corta o estado do Mato Grosso do Sul. Sua responsabilidade é duplicar e recuperar 840 quilômetros em cinco anos, e por isso também já está avançando com os trabalhos prévios para conseguir chegar a 10% de avanço em maio de 2015.

O contrato da CCR com o governo tem data de início em 11 de abril. Por enquanto, ela está subcontratando empresas que ficarão responsáveis por pequenos reparos como tapa-buraco, sinalização e outras imperfeições.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Um ponto fora da curva…
O Brasil, na contramão de muitos países que se viram seriamente afetados pela crise sanitária mundial, se estabelece dia após dia como potência econômica no que tange a indústria e tal propensão se fortalece com o número de obras que se difundem por todo território nacional.
Energia do futuro
Como grupos geradores e sistemas de armazenamento baseados em bateria podem substituir a energia a diesel.
Construção centro-americana
A pandemia e economias fortemente dependentes tornam a recuperação desta região mais complexa.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL