Anmopyc celebra seu 40º aniversário: passado, presente e futuro

By Cristián Peters Quiroga06 July 2022

Com quatro décadas de trabalho constante, a CLA pediu a Jorge Cuartero, diretor-gerente da associação espanhola, alguns comentários sobre como este tempo tem sido para a entidade e o que se espera para os próximos anos.

Nossos parabéns à Anmopyc por seu aniversário e obrigado pelo constante apoio editorial que proporciona à Construção Latino-Americana.

2022 é um ano especial para a Associação, pois estamos celebrando 40 anos desde 1982, quando um grupo de nove fabricantes decidiu criar um grupo para representar seus interesses.

Anmopyc

Durante estes 40 anos evoluímos muito, mas prefiro apresentar o que somos hoje. A ANMOPYC, como um cluster nacional de máquinas, tem como principal missão promover a internacionalização, a qualidade e a segurança industrial e a inovação tecnológica entre suas empresas associadas para ajudá-las a se tornarem mais competitivas nos mercados internacionais.

Representamos os interesses dos fabricantes e importadores de máquinas e colaboramos com as principais associações do setor, assim como com centros tecnológicos, universidades e empresas que prestam serviços a nossos membros.

Jorge Cuartero, director gerente Jorge Cuartero, Diretor da Anmopyc.

No campo técnico, os ajudamos a conhecer e saber como aplicar os regulamentos técnicos que seus produtos devem cumprir nos diferentes países de destino. Para isso, realizamos trabalhos prospectivos a fim de identificar os requisitos técnicos a serem atendidos pelas máquinas, os procedimentos para avaliar sua conformidade e as obrigações legais a serem respeitadas pelos fabricantes. Quando apropriado, elaboramos uma posição da indústria nacional para apresentação aos legisladores e comitês de normalização relevantes.

Com relação à inovação tecnológica, a ANMOPYC tem um plano estratégico de P&D&I que estabelece o roteiro até 2023, especificando os serviços de apoio à inovação que oferecemos a nossos membros, as atividades de promoção da inovação que realizamos e o portfólio de projetos colaborativos de inovação tecnológica que pretendemos promover para melhorar a competitividade das empresas do setor em termos de digitalização e sustentabilidade.

Com relação à situação atual do mercado de máquinas, podemos afirmar que a evolução é positiva e com relação às expectativas em nível nacional, as perspectivas para fabricantes e importadores são positivas a curto prazo, pois no momento temos mais demanda do que podemos fornecer.

No que diz respeito às tendências das máquinas, estamos observando um maior interesse de nossos clientes em máquinas cada vez mais eficientes, mais seguras e mais confortáveis para os operadores, bem como em energias alternativas, como a eletrificação para reduzir as emissões.

Dependendo do ambiente, também podemos ver mais interesse em máquinas autônomas (em pedreiras e minas) e compactas e semi-autônomas em áreas urbanas para poder auxiliar os operadores, garantindo a segurança das pessoas ao redor.

Como fabricantes e importadores, estamos enfrentando desafios muito importantes, como a transição verde e digital e uma estrutura regulatória cada vez mais complexa.

As máquinas de construção são geralmente vistas como poluidoras, ruidosas, nocivas ao meio ambiente. A verdade que acredito ser diferente, pois nos últimos anos nossa indústria investiu muito em tecnologia verde, tendo máquinas cada vez mais eficientes, reduzindo emissões e ruído e ajudando nosso setor a se tornar cada vez mais sustentável.

Entre os problemas que estamos enfrentando atualmente, não somos estranhos ao aumento dos custos das matérias-primas, restrições da cadeia de abastecimento, interrupções de transporte e aumento dos custos logísticos.

Outro problema sério que estamos enfrentando é a falta de mão-de-obra qualificada, desde tornadores a pedreiros e de maquinistas a mecânicos e a falta de treinamento específico. Nosso setor não é suficientemente atraente e é tarefa de todos os envolvidos no setor recuperar esse entusiasmo e mudar a percepção dos jovens.

Não quero concluir sem mencionar que a ANMOPYC desempenha um importante papel de lobby, graças ao seu envolvimento e adesão às principais organizações do setor, e de fato podemos anunciar que estamos trabalhando em conjunto com o CNC e várias associações do setor, incluindo as associações de escavadeiras de Aragão, Cantábria, Madri e do País Basco e a Aliança ELEVA, em um Plano de Renovação para o setor que foi apresentado ao Ministério de Transição Ecológica.

Atualmente temos máquinas ultrapassadas, tanto em termos de idade quanto de tecnologia, o que resulta em máquinas menos seguras e poluentes, e nosso objetivo com este plano é ajudar empresas e usuários de máquinas a ter máquinas cada vez mais seguras e ambientalmente mais amigáveis, bem como digitais.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
A magnitude e fomento do conceito ESG e da sustentabilidade
O que antes era tendência, agora é realidade. Considerando os indicadores dos três pilares (meio ambiente, social e governança corporativa), e a inerente preocupação - devida – das empresas, não há como negar que estratégias ESG trazem diversos benefícios para a percepção de valor, real, das companhias.
Compactação: declives suaves
Características excepcionais para um embalador de rolos seguro e eficiente
Conheça alguns dos expositores da M&T Expo 2022
Como parte da rede Bauma, a M&T Expo agora quer ser o carro-chefe da recuperação do mercado
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL