Aeroporto de Viracopos (SP) pode receber R$ 4,2 bilhões de investimentos com relicitação

By Luciana Guimaraes25 August 2021

Leilão deve acontecer no primeiro semestre de 2022, afirmou o Governo Federal.

As minutas do edital e do novo contrato de concessão para relicitação do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), preveem investimentos na ordem de R$ 4,2 bilhões no terminal paulista pela iniciativa privada.

A relicitação de Viracopos parece ser a chave para solucionar a crise econômica que gerou uma dívida de R$ 2,88 bilhões. A concessionária informou que vai avaliar o documento nos próximos dias.

VCP era administrada pela Aeroportos Brasil - Viracopos S.A. desde 2012. Em março de 2020, a empresa devolveu a concessão para o governo federal, quase dois anos após entrar com pedido de recuperação judicial, por contrair dívidas que acumularam ao longo dos anos.

Com a aprovação pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), os documentos entram na fase de sugestões da sociedade, primeiro por consulta e depois em audiência pública. Na sequência, o edital é enviado para análise do Tribunal de Contas da União (TCU).

“Esse é um dos projetos mais estratégicos que temos em nossa carteira de concessões. O Aeroporto de Viracopos é um ativo muito importante para o Brasil, um dos principais aeroportos de carga da América Latina. Então, tem uma relevância e uma estratégica fundamental ao desenvolvimento econômico do país”, afirmou o secretário Nacional de Aviação Civil, Ronei Glanzmann.

Segundo o secretário, o projeto prevê a construção de uma nova pista de pouso, paralela à já existente e independente, apta a receber aviões cargueiros de grande porte, além de operações de transporte de passageiros, regulares e não regulares.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Um ponto fora da curva…
O Brasil, na contramão de muitos países que se viram seriamente afetados pela crise sanitária mundial, se estabelece dia após dia como potência econômica no que tange a indústria e tal propensão se fortalece com o número de obras que se difundem por todo território nacional.
Energia do futuro
Como grupos geradores e sistemas de armazenamento baseados em bateria podem substituir a energia a diesel.
Construção centro-americana
A pandemia e economias fortemente dependentes tornam a recuperação desta região mais complexa.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL