Acordo vai banir saco de cimento de 50 kg no Brasil

By Fausto Oliveira20 June 2018

Em dez anos, indústria terá que se adequar a embalar cimento em sacos de 25 quilos.

sacos bolsas cemento cimento

Todos os sacos de cimento vendidos no Brasil terão que ter peso padrão de 25 quilos, em lugar dos atuais 50, em um prazo de dez anos. A mudança na indústria é fruto de um acordo entre as empresas cimenteiras do país e o Ministério Público do Trabalho, anunciado recentemente.

A medida é para proteger a saúde e integridade física de trabalhadores que manuseiam sacos de cimento em canteiros de obras. De acordo com o MPT, o acordo tem o objetivo de “aproximar a indústria brasileira das normas constitucionais e internacionais referentes à proteção da saúde do trabalhador”.

Assinado por 33 empresas do setor, além da Associação Brasileira do Cimento Portland (ABCP), o Sindicato Nacional da Indústria do Cimento (SNIC) e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), o acordo prevê multas diárias de R$ 10 mil para empresas que não cumpram com o determinado.

Mas o prazo final de adequação é 31 de dezembro de 2028. A partir de então, sacos mais pesados do que 25 quilos serão aceitos somente para cimento de exportação.

Com relação à possibilidade de mudanças no preço do cimento brasileiro no mercado doméstico, o acordo nada diz. Mas o presidente do CADE, Alexandre Barreto, afirmou que “dez anos é um prazo razoável para que todos os setores desta indústria possam se adequar. Isso irá evitar problemas da ordem competitiva entre as diversas empresas”.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Bombas: Trabalho em pedreiras
Para obter resultados ideais, é essencial usar as bombas corretas.
A importância do Impulsor
BBA Pumps lança seu impulsor de canal de parafuso KS, que é projetado para evitar entupimento e vibrações em suas bombas de esgoto.
Coluna Sobratema: Tempos de renovação
A renovação das frotas de equipamentos deu um novo impulso ao mercado brasileiro. Escrito por Eurimilson Daniel.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL