Abertura pode gerar mais construção em Cuba

02 July 2014

Terminal Portuaria de Mariel - Cuba

Terminal Portuaria de Mariel - Cuba

Em 29 de março, o governo cubano aprovou a nova Lei de Investimento Estrangeiro, que passou a permitir que o país recebesse capital produtivo desde outros lugares, além de estimular o crescimento econômico e especialmente a atividade de construção.

A lei permite investimentos em todos setores com exceção da saúde, educação e nas Forças Armadas, além de autorizar que 100% das empresas sejam de propriedade estrangeira. Por outro lado, as empresas conjuntas poderão reduzir o imposto de renda de 30% para 15%, com exceção do setor de extração. Além disso, a lei garante a repatriação irrestrita de capitais e lucros.

O embargo comercial dos Estados Unidos a Cuba continua sendo uma barreira para o investimento das empresas norte-americanas. Por isso, a maior parte do investimento esperado mediante essa nova lei é proveniente da América Latina.

O Brasil foi o primeiro a investir em Cuba sob o novo regime e já é o principal emissor de capital produtivo à ilha. O país fez um investimento bilionário na construção do Porto de Mariel (foto) e assinou acordos para a construção de uma fábrica de plásticos, para reforma de aeroportos e para construir uma unidade de beneficiamento de tabaco.

Com a nova lei de investimentos estrangeiros, o governo cubano também anunciou outras medidas para enfrentar a estagnação econômica e a falta de reservas financeiras que assolam o país. Um exemplo é a Zona Especial de Desenvolvimento de Mariel, da qual o porto é parte e na qual o Brasil também participou, que é uma tentativa de impulsionar as exportações de bens cubanos, o que estimulará o ainda pequeno setor manufatureiro do país.

FONTE: Global News Matters, www.globalnewsmatters.com

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Movimento elétrico
Os tempos modernos trazem consigo inúmeras inovações. No artigo de Luciana Guimarães, a CLA revê algumas novidades sobre a terraplenagem.
Considerações sobre lança articulada
Orçamentos, tarefas específicas, detalhes técnicos são alguns dos aspectos a serem considerados na compra de uma plataforma
Acess M20: Para cima
Alguns podem considerar 2020 uma anomalia que dificilmente se repetirá. Quanto ao accessM20, também pode ser visto como um sinal dos tempos.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL