Modernização do Porto Salaverry segue com avanço de 80%

By Gabriel Lira02 June 2021

O projeto de Modernização do Terminal Portuário Multiuso de Salaverry está avançando rapidamente. Apenas dois anos e meio e um investimento de cerca de R$ 530 milhões até o momento, fazem com que a concessionária responsável já tenha executado 80% das obras orçadas para os primeiros 5 anos de concessão.

Em fevereiro do ano passado, começaram as duas primeiras etapas, que estariam prontas até o segundo semestre do ano passado. Não contente com o exposto, a concessionária do porto de Salaverry executou diversos avanços para as etapas 3 e 4.

Em especial, destacam-se as obras de dragagem de 10,5 metros de profundidade, além da construção de 24 silos para armazenamento capaz de receber até 60 mil MT. Evoluíram também os armazéns cobertos de soja, com capacidade para 40 mil MT, concentrados minerais e carvão, cada um com capacidade de 30 mil MT e um pátio para contêineres próximos a um hectare de superfície.

Além disso, equipamentos especializados foram adquiridos, como carregadores dianteiros, caminhões, e até meados do próximo mês, o porto terá dois guindastes móveis multiuso de 100 MT cada. “Estamos muito orgulhosos de apresentar esses resultados, pois tivemos uma série de desafios que enfrentamos com sucesso. Em meio a um ano de pandemia, conseguimos realizar em tempo recorde a construção das obras de modernização, manter o porto operacional com melhores índices de produtividade, sempre cuidando da saúde e segurança de nossos colaboradores e responder ativamente às necessidades da população do distrito afetado pelo Covid-19”, disse Diego Cassinelli, Gerente Geral do Terminal Internacional Salaverry.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Um ponto fora da curva…
O Brasil, na contramão de muitos países que se viram seriamente afetados pela crise sanitária mundial, se estabelece dia após dia como potência econômica no que tange a indústria e tal propensão se fortalece com o número de obras que se difundem por todo território nacional.
Energia do futuro
Como grupos geradores e sistemas de armazenamento baseados em bateria podem substituir a energia a diesel.
Construção centro-americana
A pandemia e economias fortemente dependentes tornam a recuperação desta região mais complexa.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL