Mitre: uma empresa premiada

By Cristián Peters Quiroga08 February 2021

O Grupo Mitre é uma empresa familiar argentina com mais de 35 anos de experiência. Em um constante processo de melhoramento e boas práticas, a companhia conseguiu certificações coo Empresa B e ISSO 9001. “Graças a este processo de inovação, a empresa se transformou em líder nas demolições na Argentina, contando com um compromisso forte de sustentabilidade em todas as operações que realiza”, comentou Maximiliano Mauriño, sócio gerente do grupo.

Estar na vanguarda lhes valeu uma premiação na categoria Reciclagem e Meio Ambiente no World Demolition Summit 2020, evento organizado pela revista Demolition & Recycling International.

Neste contexto, a CLA conversou com o executivo para conhecer um pouco mais sobre o alcance desta premiação e quais as principais ações do grupo para continuar liderando nesta matéria.

Qual a impressão sobre ganhar este prêmio?

O Grupo Mitre, como parte do ecossistema empresarial argentino, reconhece a importância de contar com o reconhecimento sob padrões internacionais. Não só pelo que isto representa na hora de exportar serviços, mas como padrão de reconhecimento da excelência de nossas práticas. Num mercado demasiadamente complexo, ter a oportunidade de nos medir com a régua de padrões globais e práticas de excelência reconhecidas, nos assegura a sustentabilidade da nossa empresa a curto, médio e longo prazo. É nosso desejo impulsionar o desafio da competitividade em nível internacional, o desenvolvimento do ecossistema empresarial local, sendo isto uma plataforma de crescimento em comunidade.

O crescimento que tivemos por participar do World Demolition Awards desde 2013 foi de alto impacto. Aprendemos sobre as melhores empresas do mundo, práticas para conseguir levar adiante nossas obras de forma eficiente, sustentável e segura.

Quais suas principais políticas em termos ambientais?

O Grupo Mitre é a primeira empresa de seu ramo a ser certificada como empresa B em nível mundial, isto representa um compromisso que alcança inclusive a formalidade de nosso estatuto societário, com determinados valores relacionados com o meio ambiente e o impacto social. A partir deste motor de crescimento baseado em valores, temos sabido desenvolver nossa gestão em diferentes eixos. No que se refere ao fator humano através de um robusto processo de indução e capacitação, transformamos nossos colaboradores em profissionais competitivos para o mercado local. No que diz respeito ao meio ambiente, somado a políticas de primeiro nível internacional sobre energia e uso de recursos, contamos com um sistema único de economia circular, que toma 97% dos materiais gerados pela demolição e os reinsere no mercado. É na combinação de ambos os fatores (humano e ambiental) que aprendemos a desenvolver práticas de excelência, nos tornando referência no mercado.

Na Mitre, estamos comprometidos com a neutralidade de carbono em 2030, já que entendemos que este é o caminho para um mundo sustentável. Convidamos a todas as empresas a se somar a este gratificante desafio.

Que fatores contribuíram para o prêmio?

A premiação se deu por nosso trabalho na demolição de uma planta da Osram, na qual, como parte das práticas ecoeficientes de trabalho da Mitre, se formaram e capacitaram vários grupos especializados para desmontagem com um programa de capacitação integral, obtendo eficiência e tempo recorde nas tarefas realizadas.

Outra peça essencial foi a programação sob padrões de excelência do nosso serviço. Se construiu um plano integral de intervenção sob a supervisão de uma equipe multidisciplinar, como gerências, áreas técnicas, higiene e segurança e de sustentabilidade.

Quanto à recuperação dos materiais, no contexto do modelo de negócio circular da Mitre, foram reinseridos materiais específicos no ciclo produtivo, incluindo 781,4 toneladas de sucata, 32 mil toneladas de material britado, 197 quilos de papel, plástico, papelão, vidro e outros materiais.

Vale destacar a utilização de martelos rompedores elétricos e um robô de demolição, que diminuíram nossa emissão de carbono, e a britagem se realizou in situ com dois tipos de britadores de impacto Rubble Master modelo RM 70GO e caçambas britadeiras MB Crusher.

Ao mesmo tempo, para potencializar o impacto positivo da obra, realizamos vários tipos de ações recomendadas pelos padrões LEED (Leadership in Energy and Environmental Design).

Foram instalados painéis solares como gestão de energia alternativa integrada para o escritório da Mitre no canteiro, e a empresa usou martelos elétricos e robôs de demolição, minimizando a emissão de carbono.

Este programa e plano integral, com os alinhamentos operacionais antes mencionados, foi combinado com nossas práticas de Excelência e Impacto Triplo, fazendo desta obra um caso de sucesso estudado e replicado, não apenas em outras obras de nossa empresa, mas também em nossa cadeia de valor.

O que acontece com o entorno da obra?

Um aspecto fundamental de nosso potencial impacto é relacionado com o controle de erosão e sedimentação, e neste sentido construímos em conjunto com especialistas no tema um Plano de Controle de Erosão e Sedimentação, que se compõe de: i) cercamento: em todo o perímetro da obra se realizou um cercamento que foi ferramenta essencial para controlar a poluição e mitigar a geração de poeira; ii) irrigação: sob um modelo de uso circular da água, lançamos água sob pressão ao ar onde se encontrem as partículas de pó, para decanta-las; iii) lavagem e escovamento das rodas: se aplicou este conceito aos caminhões e veículos que saíam das obras, evitando transportar pó para a cidade; e iv) recirculação: a água utilizada em ambas as práticas flui para o desaguadouro pluvial regressando à bacia hidrográfica original tendo sido filtrada.

A Mitre já recebeu outros prêmios?

Em 2019, foram reconhecidas algumas das práticas aplicadas na obra da OSRAM, por parte da Prefeitura de Vicente López, devido às ações e compromisso com o cuidado do meio ambiente, e pela União Argentina de Jovens Empresários, com relação à liderança na categoria Impacto Social.

Este ano, além do World Demolition Awards, que sem dúvida foi o principal dos reconhecimentos da nossa indústria, recebemos reconhecimentos por parte do Conselho Empresarial Argentino para o desenvolvimento sustentável; da Vistage Argentina como empresa embaixadora do Impacto Triplo; como primeira Empresa B de Demolição em nível mundial e a certificação ISSO 9001, certificando os processos que fazem parte de nosso programa de qualidade de gestão.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Investindo no futuro da extração e mineração
O investimento está lentamente transformando o setor de extração e mineração em um setor com tecnologia mais integrada e equipamentos sustentáveis, escreve Andy Brown.
Equippo persegue o status de unicórnio
Michael Rohmeder espera que a última rodada de financiamento da empresa ajude a alcançar o status de unicórnio.
Automatizando e inovando o concreto com tecnologia
O cumprimento das metas de sustentabilidade está levando a indústria de concreto a inovar seus processos e a criar tecnologia “inteligente”.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL