Canadian investirá R$ 500 milhões em projetos no Brasil

By Luciana Guimaraes19 August 2021

Há previsões de que, em 2024, o território brasileiro contará com, aproximadamente, 887 mil sistemas de energia solar conectados à rede instalados.

Isso significaria maior economia em relação às distribuidoras convencionais, além da manutenção e preservação ambiental.

De olho nisso, a fabricante Canadian Solar fechou uma linha de financiamento de R$ 500 milhões com os bancos brasileiros BTG Pactual e Itaú BBA.

Segundo a empresa, dinheiro utilizado para o desenvolvimento e construção de projetos fotovoltaicos no Brasil.

De acordo com a Canadian, a linha financiará até 70% dos aportes de capital da empresa em um subconjunto de sua carteira de projetos no Brasil.

“Com essa linha, podemos alavancar ainda mais nossa contribuição de capital para construir projetos no Brasil e monetizá-los pós-COD [data das operações comerciais] com avaliações atrativas, enquanto mantemos a opção de reter propriedade significativa de longo prazo” comentou Shaw Qu, presidente e CEO da Canadian Solar.

“Estamos ansiosos para executar nosso grande acúmulo e pipeline de projetos solares no Brasil e apoiar as metas de energia renovável e segurança energética do país”, acrescentou.

Atualmente, a Canadian possui aproximadamente 3 GWp de projetos solares no Brasil, entre contratações em leilões federais, regionais e privados. Deste total, 480 MWp estão em operação e já foram vendidos para terceiros, 483 MWp estão em construção (com 80% de participação já vendida) e outros 2 GWp estão em desenvolvimento com contratos de PPA.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
A evolução do manipulador telescópico da Skyjack
Skyjack produz uma linha completa de telehandlers com sete modelos
Eletrificação das máquinas de acesso está superando o ímpeto regulatório
Impulso em direção às máquinas de construção elétrica começou com a regulamentação governamental
Dados que impulsionam as máquinas
Como os fluxos de dados de monitoramento podem reduzir custos e emissões de carbono e talvez um dia permitir que as máquinas funcionem por conta própria
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL