CASE renova frota em Roraima com 15 novas máquinas

By Fausto Oliveira10 February 2021

A CASE Construction Equipment, por meio de sua concessionária IBL Máquinas que atua na região norte do Brasil, concluiu este ano a entrega de 15 máquinas de construção que atuarão na infraestrutura do estado de Roraima.

A aquisição foi realizada pela empresa DR7 Serviços de Obras de Alvenaria Ltda, com objetivo aumentar sua frota de equipamentos para atuação em obras de construção e infraestrutura no norte do país. Entre os modelos vendidos, há cinco motoniveladoras 885B, cinco retroescavadeiras 580N, duas pás carregadeiras 621E, uma motoniveladora 865B, uma minicarregadeira SR200 e uma minicarregadeira SR250.

“Estes equipamentos são reconhecidos no mercado nacional e mundial por sua elevada tecnologia embarcada que proporciona a combinação entre força, robustez, alta performance e maior disponibilidade mecânica. Estes atributos são de estrema importância para atender às necessidades dos clientes nas mais variadas obras, seja na construção, infraestrutura urbana e até mesmo em aplicações voltadas ao agronegócio da região”, disse Pedro Silva, supervisor regional de vendas CASE.

Segundo Roberto Oliva, da IBL Máquinas, “além da excelência dos produtos CASE, fazemos questão de manter o contato direto com nossos clientes, entender suas demandas e apresentar as soluções que melhor se adequem a cada necessidade e isso fez toda a diferença neste caso”.

Com unidades em Manaus (AM), Boa Vista (RR), Rio Branco (AC), Campo Grande (MS), Várzea Grande (MT) e Ariquemes (RO), a IBL Máquinas estruturou suas unidades para garantir o suporte necessário com amplo portifólio de peças e serviços pós-venda voltados a toda a linha de equipamentos CASE.

More Articles from Construção Latino Americana
Vendas da Volvo CE crescem no primeiro trimestre
Nos três primeiros meses de 2021, as vendas líquidas da Volvo CE aumentaram 23%
Nova escavadeira Liebherr R 928 G8
Nova adição à família da geração 8
Enel Green Power cancela contrato com Tozzi Latam
Da empresa de energia querem continuar o trabalho mantendo o pessoal atual para dar continuidade às obras.