Argentina olha para o futuro

By Cristián Peters Quiroga15 April 2021

Mais uma vez, a economia argentina passa por grandes dificuldades, que foram mais acentuadas devido à pandemia de covid-19. As intensas restrições financeiras que vive a segunda maior economia da América do Sul resultaram em uma desvalorização muito forte de sua moeda em relação ao dólar, um aumento do endividamento e uma menor participação no comércio internacional.

Isso, somado à falta de disponibilidade de reservas financeiras internacionais, continua afetando sua capacidade de gerar movimento econômico interno, o que resulta em menor crescimento e menor renda para a população.

Faça login para continuar lendo!

Depois de fazer login, você receberá acesso ilimitado a ConstrucaoLatinoAmericana.com

  • Relatórios digitais GRATUITOS de alto valor
  • Apresentações de eventos KHL
  • Arquivo de vídeos e revistas
  • Assine revistas
  • Inscreva-se para receber boletins informativos
  • Gravações de webinar

Não perca as informações mais recentes!

More Articles from Construção Latino Americana
Índice ABRAMAT mostra crescimento de 24,3% em abril
Se comparado ao resultado de março de 2021, houve queda de 1,9%