Alta de insumos segue sendo um problema

By Luciana Guimaraes30 July 2021

Construction materials Foto: Tomasz Zajda

A última pesquisa divulgada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria revelou: há quatro trimestres consecutivos o problema mais enfrentado pelos empresários da Construção foi a falta e/ou alto custo da matérias-primas. A dificuldade afetou mais de metade das empresas. Os outros problemas mais mencionados no segundo trimestre pelos empresários são a elevada carga tributária e a burocracia excessiva.

Alto custo da matérias-primas

O percentual de empresas que destacaram o problema caiu de 57,1% no primeiro trimestre para 55,5% no segundo trimestre, um recuo de 1,6 ponto percentual, mas se manteve como problema mais citado pelos empresários. A elevada carga tributária permaneceu na segunda posição, mencionada por 31,5% das empresas. As menções a esse problema cresceram 6,7 pontos percentuais, o que corresponde ao maior aumento em relação ao primeiro trimestre, quando registrou 24,7% das menções. A burocracia excessiva aparece em terceiro lugar, enfrentada por 21,6% das empresas, seguida pela demanda interna insuficiente, na quarta posição, citada por 18,9% dos empresários.

Apesar dos pesares

O Índice de Confiança do Empresário Industrial da Indústria da Construção (ICEIConstrução) registrou, em julho, queda de 1,1 ponto em relação a junho. Apesar da queda, o índice se encontra acima da linha divisória de 50 pontos, em 57,8 pontos, o que indica um ambiente de confiança disseminada entre os empresários

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Por que é essencial digitalizar o setor da construção mexicana?
Coluna de Luis Herrera, chefe de vendas para a América Latina e Espanha, Procore
A magnitude e fomento do conceito ESG e da sustentabilidade
O que antes era tendência, agora é realidade. Considerando os indicadores dos três pilares (meio ambiente, social e governança corporativa), e a inerente preocupação - devida – das empresas, não há como negar que estratégias ESG trazem diversos benefícios para a percepção de valor, real, das companhias.
Compactação: declives suaves
Características excepcionais para um embalador de rolos seguro e eficiente
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL