63,8% das rodovias brasileiras têm deficiências

By Fausto Oliveira04 November 2013

Broken road Brazil

Broken road Brazil

Uma pesquisa feita pela Confederação Nacional dos Transportes apontou um dado preocupante: 63,8% das estradas avaliadas no país apresentam deficiências no pavimento, na sinalização ou na geometria das pistas.

O índice cresceu em relação a 2012, quando a porcentagem de rodovias brasileiras em mal estado era de 62,7%.

Além disso, o que a entidade chama de “pontos críticos” também teve uma subida na pesquisa 2013: eram 221 no ano passado e agora são 250. Por ponto crítico, a CNT entende situações como buracos no pavimento ou outros problemas que afetem diretamente a segurança dos usuários.

De acordo com a associação, 88% das vias pesquisadas são de mão única ou dupla, com no máximo duas pistas por sentido. Além disso, 40,5% não têm acostamento.

A pesquisa avaliou 96.714 quilômetros de rodovias federais e estaduais em um período de 30 dias.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Perspectivas econômicas e de construção para a América Central
Scott Hazelton, da IHS Markits, fornece uma análise profunda da situação atual nos países da América Central.
Escavadeiras: Novas energias
Grandes equipamentos estão procurando maneiras de se tornar mais eficientes, produtivas e com menor impacto sobre o meio ambiente.
Versatilidade de carga
Compactas ou enormes, estas máquinas estão ganhando terreno nos principais locais de terraplenagem ao redor do mundo.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Matt Burk Gerente de vendasr Tel: +1 312 496 3314 E-mail: matt.burk@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL