Saiba como evitar que sua bomba lança termine gerando problemas para sua empresa.

pump paintenance bomba

Neste artigo, vamos comentar a necessidade de inspeções regulares nas autobombas com mastro de distribuição, também conhecidas como bombas lança. De saída, nosso conselho é sempre recorrer ao Manual de Operação e Segurança do seu equipamento, de autoria do fabricante, assim como também aos departamentos públicos e privados de Segurança do Trabalho em sua região.

Componentes de máquinas e equipamentos sofrem desgastes naturais, derivados de sua operação diária. Com toda a tecnologia que hoje se aplica nos projetos e na produção dos equipamentos, o elevado número de tensões sobre a estrutura durante o bombeamento de concreto aparecerá de diferentes formas ao longo dos anos. Mas não será nada com que se preocupar se a identificação dos sinais for precoce, e se um profissional competente e qualificado implementar ações para prevenir um possível acidente.

Não se deve esquecer de que, sem atenção a estes sinais silenciosos, a saúde, a integridade física e a segurança de todos ao redor da máquina podem estar em risco.

Para evitar problemas e atender as normas de segurança mais restritas ao redor do mundo, como a DIN EN 12001, os fabricantes de bombas lança criaram um robusto plano de inspeção para garantir a integridade de seu equipamento até o fim de sua vida útil. São dois tipos de inspeção que consideramos indispensáveis para seu equipamento.

Inspeção diária

A inspeção diária, realizada pelo operador antes que se inicie o trabalho, destaca os seguintes pontos:

Verificação de componentes soltos ou em processo de se soltar, como parafusos, suportes e acoplamentos frouxos.

Verificação do correto travamento dos acoplamentos da tubulação, aperto dos parafusos, do travamento mecânico da alavanca com grampo de segurança nos acoplamentos de engate rápido.

Verificação da cinta de segurança do mangote final. Todo mangote de descarga deve estar preso por uma cinta original em bom estado.

Verificação visual da estrutura do mastro e das partes estruturais da máquina. Trincas e quebras devem ser imediatamente reportadas aos responsáveis da empresa, e o equipamento não deve trabalhar até que os devidos reparos sejam realizados por profissional qualificado e autorizado pelo fabricante.

Verificar se a mangueira de descarga está de acordo com o comprimento designado pelo fabricante.

Verificar se os tubos de distribuição não estão com a parede menor do que o limite especificado pelo fabricante.

Inspeção especializada

A inspeção de um engenheiro mecânico autorizado pelo fabricante pressupõe que este profissional tenha, além de sua formação, experiência com bombas de concreto. Suas inspeções se definem de acordo com a idade do equipamento.

Máquinas com até 5 anos: verificar a cada 1.000 horas ou, a mais tardar, depois de 1 ano.

Máquinas com mais de 5 anos: verificar a cada 500 horas ou, a mais tardar, depois de 1 ano.

Máquinas com mais de 10 anos: verificar a cada 250 horas ou, a mais tardar, depois de 1 ano.

A contagem dos prazos começa após cada verificação anterior. A inspeção técnica identifica qualquer anomalia na estrutura que, normalmente, não é identificada pelo operador, devido às análises físico-químicas que apenas um profissional capacitado pode realizar.

Não deixe seus colaboradores sob risco. Acidentes com bombas lança podem ser fatais. Conte com a Putzmeister e outros fabricantes para inspeções e treinamentos de seus empregados.

 

*Thiago Silva é engenheiro de produto e inspetor certificado de bombas lança da Putzmeister Brasil.