Os equipamentos de construção não enfrentam desafios apenas durante sua operação. Algumas vezes, inclusive chegar ao lugar da obra pode ser um desafio.

Uma experiência desse estilo foi a que teve a Movitram Grúas, na Colômbia, em sua participação da construção da Rodovia Pacífico 2, projeto que atravessa a área montanhosa do país.

liebherr-ltm1220-5-1-movitram-barge-1-300dpi

Um LTM 1220-5.2 da Movitram Grúas cruza oito quilômetros do rio Cauca na Colômbia em barcaça.

O acesso mais simples possível era uma ponte já deteriorada que não suportaria o peso operativo de 72 toneladas do guindaste LTM 1220-5.2 da Liebherr. Enrique Parra Ibagón, diretor da Movitram Grúas S.A.S, em conjunto com sua equipe, analisaram todas as opções. Finalmente decidiram que para que o guindaste pudesse chegar ao lugar, deveria recorrer uma distancia de oito quilômetros em uma barcaça no rio Cauca. Para a operação, foi necessário realizar diversos cálculos, além de tomar medidas de segurança e contar com várias aprovações.

“No início foi um grande desafio levar o guindaste ao rio. Não havia nenhuma rodovia, pelo que tivemos fazer vários ajustes em terreno”, explicou Parra. Também foi importante para o projeto encontrar o momento correto, considerando as fortes correntes, inundações e marés baixas. “Um nivelamento exato e uma excelente segurança de carga eram essenciais. Nunca houve operações comparáveis, foi um projeto extraordinário, agregou. “

liebherr-ltm1220-5-1-movitram-barge-2-300dpi

Depois de três horas de viagem, o LTM 1220-5.2 chegou intacta à obra. Os reboques de baixa plataforma forneceram o equipamento e os pesos de lastro.

O guindaste, com capacidade de 220 toneladas, instalou no lugar da operação, entre outros, um guindaste torre e 25 condutos de caixa de concreto armado , cada um com um peso de 20 toneladas.