Vender ativos sem deixar de usá-los, uma aposta para liberar caixa.

A empresa norte-americana Acord Capital anunciou sua entrada no mercado da Colômbia para competir no setor de locação de máquinas de construção, e o faz com um ambicioso plano de investimentos de US$ 8,5 milhões. “Para o restante de 2017, queremos fechar negócios por US$ 3 milhões, e para o primeiro semestre de 2018 vamos completar os demais US$ 5,5 milhões”, diz Rafael Obando, representante da empresa na Colômbia e diretor para EUA e América Latina.

Tecnologia telescopica

O lease-back permite às empresas gerar liquidez e alocar capital em áreas mais estratégicas.

O modelo de negócios da empresa, que desde o ano passado tem atividades também na República Dominicana, conhecido como ‘renting’, corresponde a um contrato de locação no qual a Acord Capital compra um equipamento e cobra do cliente, mensalmente, uma cota durante o tempo pactuado no contrato, pelo uso do bem, criando um sistema facilitador para se ter acesso a equipamentos de alto valor.

“O mercado de locação não é apenas para quem tem problemas de acesso financeiro, também está destinado a promover alívios tributários e de outros tipos. Temos muitos clientes que têm boa capacidade financeira, mas estão escolhendo esta opção”, afirmou Obando.

Lease-back

A empresa está impulsionando hoje uma nova modalidade para aqueles empresários que queiram reduzir seu endividamento: o lease-back, ou retro leasing, uma figura através da qual a Acord Capital compra o maquinário para então locá-las de volta, sistema pelo qual o cliente pode gerar caixa com ativos próprios.

“O lease-back é um mecanismo ideal para gerar caixa no curto prazo, por meio da venda de ativos. Além de reduzir endividamento, melhora os indicadores financeiros”, diz o executivo da Acord.

Desta forma, as empresas podem gerar capital líquido e situá-lo em áreas do negócio mais estratégicas. Este formato é uma alternativa atrativa para os empresários que precisam de recursos frescos, especialmente em tempos de contração ou incerteza econômica.

Segundo a companhia, esta modalidade tem uma grande vantagem: é mais simples e rápida do que outras modalidades de financiamento. A Acord Capital adquire o maquinário mais pesado após um estudo e de sua taxação, em que se aplica um deságio ou ajuste por depreciação ou obsolescência esperada. Sob estes pressupostos, se pactua um preço de venda e a duração do contrato de aluguel, que pode ser de entre 12 e 72 meses, dependendo do bem e das necessidades.

Obando diz que esta figura é parte do pacote de produtos com os quais a Acord entrou no mercado colombiano, onde o renting ou locação de maquinários pesados se torna assim uma inovadora opção para reduzir custos tributários e financeiros.

Rafael obando peña

Rafael Obando, representante da companhia na Colômbia e diretor para EUA e América Latina.

Benefícios

Entre os principais beneficios prestados pelo lease-back estão: 1) transforma os ativos em liquidez de maneira imediata; 2) fiscalmente, o pagamento das mensalidades pode representar um gasto 100% deduzível, assim como os gastos de manutenção; 3) não afeta os níveis de dívida ou alavancagem, deixando portanto livres as linhas de crédito da empresa tomadora; e 4) não se podem embargar bens alugados.