O projeto exigirá investimentos da ordem de US$ 1,5 bilhões.

A empresa espanhola FCC (em consórcio com a italiana Salini Impregilo e a americana Aecom) ganhou a licitação para o planejamento e a construção do projeto de expansão do novo Aeroporto Internacional Jorge Chávez, em Lima, capital do Peru. A iniciativa contempla um investimento próximo a US$ 1,5 bilhões.

Ampliación Jorge Chavez

Expansão do Jorge Chavez

Com este contrato, a FCC conseguiu uma de suas maiores obras e se consolida como empresa líder em projetos aeroportuários.

O projeto abrange a elaboração dos planos e a construção de duas pistas de pouso e um novo terminal, além de um complexo empresarial com áreas de logística e armazéns, áreas de estacionamento e uma nova torre de controle. A ampliação permitirá atender a demanda de mais de 30 milhões de passageiros por ano.