O objetivo da companhia é, em 5 anos, transformar toda a sua frota em equipamentos elétricos.

A companhia especializada em equipamentos e serviços para a mineração e infraestrutura, Epiroc, ampliará seu portfólio de produtos com o objetivo de crescer 8% anual e contribuir com as novas tecnologias para uma mineração mais segura e sustentável, onde “continuaremos investindo em soluções de automatização e digitalização de processos de mineração, além de desenvolver máquinas zero emissões elétricas”, disse o CEO da empresa sueca em visita ao Chile, Per Lindberg.

20181203130414__MG_0426-01

Per Lindberg, Helena Hedblom e Charlie Ekberg.

O executivo visitou a filial localizada em Santiago, junto a Helena Hedblom, vice-presidente executiva para Mineração e Infraestrutura. “Fazemos uma avaliação muito positiva do sucedido neste período após a nossa separação da Atlas Copco. Houve uma excelente coordenação de todas as equipes de trabalho e isso significou que o crescimento da companhia fosse fantástico”, disse Lindberg.

Hedblom agregou que” o Chile está entre os cinco principais mercados da Epiroc. É destacável como cresce aqui o interesse pelas nossas soluções tecnológicas. Por isso temos em Santiago um centro de automatização para apoiar a todos nossos clientes da América do Sul na assessoria e incorporação de produtos e serviços que lhes permita ter processos mais seguros e eficientes”. Nesse sentido, Lindberg celebrou contrato para a aquisição de sete empresas internacionais com o objetivo de melhorar os serviços que a empresa oferece, “foram decisões acertadas e continuaremos comprando companhias”.

CEO_Epiroc_Foto_grupal

Charlie Ekberg, diretor gerente da Epiroc Chile, afirmou que “estamos conscientes da mudança que significa para uma empresa e seus colaboradores o fato de introduzir novas tecnologias. Por isso, apoiamos o processo através de capacitações e trabalho colaborativo. Ou seja, não se trata de vender um produto e que funcione. Trata-se de um período de assessoria, formação e adaptação”, assinalou o executivo.

Por último, Hedblom anunciou o lançamento da segunda geração de equipamentos zero emissões da Epiroc. “Apresentamos carregadoras de 14 e 18 toneladas, um caminhão de 42 toneladas e uma família de perfuradoras de tamanho médio que permitem resolver de melhor forma as novas problemáticas que a mineração subterrânea enfrenta, especialmente respeito aos custos de ventilação e consumo energético. Esperamos transformar toda a nossa frota subterrânea a equipamentos com bateria daqui aos próximos 5 anos”, disse.