A indústria da construção peruana crescerá 4% este ano, a cifra explica-se graças a um investimento público menor às expectativas (entre janeiro e novembro sofreu queda de 2% em relação ao mesmo período de 2018), mas com um setor privado mais forte.

A expansão de 3,96% esperada pelos empresários do setor sustenta-se na recuperação do segmento de infraestrutura (2,33%), somada ao melhor resultado esperado para o setor imobiliário (6,78%) e o segmento de fornecedores (2,4%). Esse impulso do setor é devido, entre outros, a projetos como a refinaria de Talara e a Linha 2 do Metrô de Lima.

Para 2020, a Câmera Peruana da Construção espera um crescimento maior. 82% das empresas imobiliárias entrevistadas afirmou que incrementará suas operações durante o próximo ano. Por outro lado, para 2020, o Governo espera aumentar 5% o investimento público e aposta em um crescimento de 4,5% do setor privado.