IMG-9953

O consultor Brian Nicholson, que desenvolve o Estudo Sobratema desde o início, e o vice-presidente da entidade, Eurimilson Daniel.

As novidades apresentadas foram excelentes, ainda que o crescimento estimado para o mercado de máquinas este ano no Brasil não seja suficiente para nivelar com os anos prósperos entre 2009 e 2013.

Mesmo assim, a Sobratema afirmou que estima um crescimento de 37% para o mercado total de máquinas este ano, o inclui linha amarela, demais equipamentos e caminhões rodoviários. Este total somaria 26,4 mil unidades vendidas em 2019 contra 19,3 mil unidades em 2018.

Se se contam apenas os equipamentos de linha amarela, o crescimento estimado é de 31% em 2019, com um total de 16,6 mil máquinas vendidas este ano contra um total de 12,7 mil unidades em 2018.

O crescimento do mercado em 2019, de acordo com as estimativas da Sobratema, terá sido bem distribuído por todos os grupos de equipamento. Alguns, no entanto, merecem destaque por um desempenho acima de qualquer expectativa.

Betoneiras para concreto cresceram 169%, com estimativas de vendas totais de 470 unidades. Miniescavadeiras terão crescido 86%, estimando 820 unidades vendidas. Retroescavadeiras estimam crescimento de 75%, com um total de 5.610 unidades.

Sobratema estudio

Alguns números divulgados pela Sobratema.

Os manipuladores telescópicos deverão ter crescimento importante, com 65% a mais de vendas do que no ano passado, fechando uma estimativa de 165 unidades. As plataformas aéreas mostram um cenário de recuperação plena, com 75% de crescimento e 1.925 unidades vendidas.

“Somos otimistas, acreditamos com muita firmeza que o mercado voltará a ser muito ativo, com as reformas que estão caminhando e com as concessões, PPPs e privatizações do governo”, disse o vice-presidente da Sobratema, Eurimilson Daniel.

A Sobratema anunciou que prevê para o ano que vem um aumento de 10% no segmento de linha amarela, e de 13% para a totalidade dos equipamentos usados em construção.