É o que promete o presidente Sebastián Piñera, com entre 13 e 17 novos hospitais a construir.

hospital

No Chile, serão construídos entre 13 e 17 hospitais até o ano de 2022, segundo promete o presidente recém empossado Sebastián Piñera.

O ministro da saúde do Chile, Emilio Santelices, afirmou diante da Comissão de Saúde do Congresso que “estamos vivendo novos projetos, que contemplam cerca de US$ 245 milhões adicionais ao longo dos próximos quatro anos, o que estabeleceria um orçamento de investimentos para este período em cerca de US$ 1,2 bilhão. Tudo isto ainda depende de ajustes orçamentários”.

A ideia de construir mais hospitais nasce da necessidade do Chile por mais 9 mil novos leitos em hospitais, conforme cálculos do governo. Os hospitais novos serão construídos por meio de contratos PPP. O modelo chileno de PPP de saúde encarrega as empresas da construção e operação dos recintos hospitalares, mas não da operação clínica e médica.

Já se confirmou a construção de três hospitais na região de Coquimbo, 500 km ao norte de Santiago. “Temos um objetivo de alcançar 2,6 leitos hospitalares por mil habitantes, queremos chegar próximo a este número. Onde esta relação é pior é na Quarta Região, onde não passa de 1,7 leito por mil habitantes, e na Sexta Região”.