Ambos os países assinaram um acordo para avançar na licitação das obras.

Um acordo fronteiriço realizado pelos chanceleres da Argentina e do Chile, Jorge Faurie e Roberto Ampuero respectivamente, permitirá avançar com a licitação do projeto de refuncionalização dos túneis Caracoles e Cristo Redentor, localizados na fronteira que une ambos os países.

tunel argentina

“Esta é uma obra fundamental para consolidar a integração entre o nosso país e o Chile. Trata-se de uma mega obra de infraestrutura que estamos realizando com um empréstimo do BID, o que prova mais uma vez a confiança que a Argentina está voltando a gerar no mundo para ter acesso ao crédito que nos permitirá fazer realidade as obras que o país precisa”, disse Guillermo Dietrich, Ministro de Transporte argentino.

Em relação aos túneis, as obras terão duas etapas, a primeira para ampliar o túnel Caracoles de 4,50 metros de largura para 13 metros. A segunda parte será para a remodelação do atual túnel Cristo Redentor e instalar todos os sistemas de ventilação e sinalização inteligente. Com isso o túnel terá dois sentidos.

Cabe destacar que durante a semana passada começaram os trabalhos de construção da via alternativa à Palmira, em Mendoza. As obras fazem parte da primeira parte do corredor do Passo Internacional Cristo Redentor, que conectará Palmira com o acesso sul de Mendoza pela rodovia 40 à altura de Luján de Cuyo, através de uma nova rodovia de 38 quilômetros, que será a via alternativa da atual Ruta 7. No lugar, atualmente circulam 70.000 veículos por dia, causando alto congestionamento.