A geradora Fénix do Peru pretende desenvolver sete projetos térmicos e solares, segundo a informação fornecida pelo meio local Gestión. De acordo com a publicação, o gerente geral da empresa, Juan Miguel Cayo, teria mencionado o potencial para o desenvolvimento de projetos eólicos nos departamentos de Ica e Piura; e solares em Arequipa e Moquegua.

“De acordo com a missão da matriz Colbún, no Peru estamos interessados no desenvolvimento de um portfólio de projetos eólicos e solares de cerca de 500 MW”, afirmou o executivo, segundo o qual foi criada uma gerencia de energias renovováveis para atingir este objetivo.

Quanto aos efeitos ao meio ambiente, em dois anos começariam os estudos de impacto ambiental, assim como a conexão à rede elétrica.